Untitled
esquerda


Leia a Última Edição!

II Série Volume 34 Número 9
Setembro 2021

E-ALERT:

menu esquerda
 
   
 
 
 
 


  1- Factores de recorrência das lesões intraepiteliais do colo do útero.

2- Duodenoscopia e colangiopancreatografia retrógrada endoscópica (cpre) no diagnóstico da patologia biliar e pancreática. Experiência dos primeiros 150 exames.

3- Mefedrona, a Nova Droga de Abuso: Farmacocinética, Farmacodinâmica e Implicações Clínicas e Forenses

4- História natural da dilatação pielocalicial pré-natal.

5- Drogas antidepressivas.

6- Erisipela.

7- Abordagem terapêutica das úlceras de pressão--intervenções baseadas na evidência.

8- Traumatismo Crânio-Encefálico: Abordagem Integrada

9- Ulceras genitais causadas por infecções sexualmente transmissíveis: actualização do diagnóstico e terapêuticas, e a sua importância na pandemia do VIH.

10- Abordagem actual da gota.

11- Vasculite livedóide.

12- Cisto de Tarlov: definição, etiopatogenia, propedêutica e linhas de tratamento.

13- Tratamento antibiótico da cistite não complicada em mulheres não grávidas até à menopausa.

14- Urolitíase e cólica renal. Perspectiva terapêutica em Urologia.

15- Inversão uterina.

16- Pancreatite aguda. Actualização e proposta de protocolo de abordagem.

17- Pancreatite aguda. Actualização e proposta de protocolo de abordagem.

18- Neuroanatomia funcional. Anatomia das áreas activáveis nos usuais paradigmas em ressonância magnética funcional.

19- Neuroanatomia funcional. Anatomia das áreas activáveis nos usuais paradigmas em ressonância magnética funcional.

20- Neuroanatomia funcional. Anatomia das áreas activáveis nos usuais paradigmas em ressonância magnética funcional.

 
   

Diabetes Tipo 1 Inaugural em Idade Pediátrica e COVID-19



During the COVID-19 pandemic, a lower rate of healthcare care usage has been reported, like for example admissions to Pediatric Emergency Departments. This can lead to the delayed diagnosis of potentially severe diseases, like type 1 diabetes mellitus (DM). Previous studies from Italy and Germany found an increase in severe diabetic ketoacidosis (DKA) at the time of DM diagnosis in children during the COVID-19 pandemic.
In our observational and retrospective study, we evaluated the frequency and severity of new-onset DM in children, at a tertiary hospital in Lisbon, during the first year of the COVID-19 pandemic (April 2020 – March 2021) and compared them with a similar period, prior to the COVID-19 outbreak in Portugal (April 2019 – March 2020). The independent t-test, Mann-Whitney test and the chi-square test were used, where appropriate. Statistical significance was predetermined as p < 0.05. SPSS® 26 was used for statistical analysis. Ethical approval was not required by the Ethics Committee of Centro Hospitalar Lisboa Norte-Hospital de Santa Maria (Lisbon, Portugal) for the present study, since it was based on retrospective data collection.

Clique aqui para aceder ao texto completo (apenas em inglês).