Untitled
esquerda


Leia a Última Edição!

II Série Volume 34 Número 9
Setembro 2021

E-ALERT:

menu esquerda
 
   
 
 
 
 


  1- Factores de recorrência das lesões intraepiteliais do colo do útero.

2- Duodenoscopia e colangiopancreatografia retrógrada endoscópica (cpre) no diagnóstico da patologia biliar e pancreática. Experiência dos primeiros 150 exames.

3- Mefedrona, a Nova Droga de Abuso: Farmacocinética, Farmacodinâmica e Implicações Clínicas e Forenses

4- História natural da dilatação pielocalicial pré-natal.

5- Drogas antidepressivas.

6- Erisipela.

7- Abordagem terapêutica das úlceras de pressão--intervenções baseadas na evidência.

8- Traumatismo Crânio-Encefálico: Abordagem Integrada

9- Ulceras genitais causadas por infecções sexualmente transmissíveis: actualização do diagnóstico e terapêuticas, e a sua importância na pandemia do VIH.

10- Abordagem actual da gota.

11- Vasculite livedóide.

12- Cisto de Tarlov: definição, etiopatogenia, propedêutica e linhas de tratamento.

13- Tratamento antibiótico da cistite não complicada em mulheres não grávidas até à menopausa.

14- Urolitíase e cólica renal. Perspectiva terapêutica em Urologia.

15- Inversão uterina.

16- Pancreatite aguda. Actualização e proposta de protocolo de abordagem.

17- Pancreatite aguda. Actualização e proposta de protocolo de abordagem.

18- Neuroanatomia funcional. Anatomia das áreas activáveis nos usuais paradigmas em ressonância magnética funcional.

19- Neuroanatomia funcional. Anatomia das áreas activáveis nos usuais paradigmas em ressonância magnética funcional.

20- Neuroanatomia funcional. Anatomia das áreas activáveis nos usuais paradigmas em ressonância magnética funcional.

 
   

Edema Macular Cistóide Secundário ao Nab-Paclitaxel



Doente do sexo masculino, de 61 anos de idade, foi encaminhado para Oftalmologia por queixas de diminuição da acuidade visual bilateral. Tratava-se de um doente com um adenocarcinoma pancreático metastizado, sob tratamento com gemcitabina+nab-paclitaxel. Ao exame oftalmológico, o doente apresentava melhores acuidades visuais corrigidas de 4/20 e 2/20 do olho direito e esquerdo, respetivamente. A tomografia de coerência ótica revelou a presença de edema macular bilateral grave. O edema macular foi considerado secundário ao uso de nab-paclitaxel, pelo que o fármaco foi suspenso. Três meses após a suspensão do fármaco, o paciente apresentava acuidades visuais de 20/20 e 16/20 do olho direito e esquerdo, respetivamente, e uma fundoscopia normal. O edema macular é um efeito adverso muito raro dos taxanos e a sua etiopatologia ainda não se encontra totalmente esclarecida. O edema é habitualmente reversível após a suspensão do agente causador. Um elevado índice de suspeição é essencial para o diagnóstico desta condição.

Clique aqui para aceder ao texto completo (apenas em inglês).