Untitled
esquerda


Leia a Última Edição!

II Série Volume 33 Número 6
Junho 2020

E-ALERT:

menu esquerda
 
   
 
 
 
 


  1- Factores de recorrência das lesões intraepiteliais do colo do útero.

2- Duodenoscopia e colangiopancreatografia retrógrada endoscópica (cpre) no diagnóstico da patologia biliar e pancreática. Experiência dos primeiros 150 exames.

3- Mefedrona, a Nova Droga de Abuso: Farmacocinética, Farmacodinâmica e Implicações Clínicas e Forenses

4- História natural da dilatação pielocalicial pré-natal.

5- Drogas antidepressivas.

6- Erisipela.

7- Abordagem terapêutica das úlceras de pressão--intervenções baseadas na evidência.

8- Traumatismo Crânio-Encefálico: Abordagem Integrada

9- Ulceras genitais causadas por infecções sexualmente transmissíveis: actualização do diagnóstico e terapêuticas, e a sua importância na pandemia do VIH.

10- Abordagem actual da gota.

11- Vasculite livedóide.

12- Cisto de Tarlov: definição, etiopatogenia, propedêutica e linhas de tratamento.

13- Tratamento antibiótico da cistite não complicada em mulheres não grávidas até à menopausa.

14- Urolitíase e cólica renal. Perspectiva terapêutica em Urologia.

15- Inversão uterina.

16- Princípios básicos em cirurgia: fios de sutura.

17- Rabdomiólise.

18- Síndrome linfoproliferativo autoimune.

19- Abordagem diagnóstica das neuropatias periféricas.

20- Abordagem diagnóstica das neuropatias periféricas.

 
   

Custos Associados à Prestação Informal de Cuidados a Pessoas com Demência



Introdução: Sob a perspetiva dos custos assumidos pelo cuidador informal e pessoa cuidada, este estudo pretende quantificar e valorar a utilização de serviços de saúde e sociais, assim como o tempo dedicado aos cuidados prestados em situações de demência.
Material e Métodos: Recolheram-se informações sociodemográficas e de utilização de serviços de 123 díades de cuidados. Os custos foram estimados considerando: Setor Saúde (serviços de saúde), Doente/Família (tempo de cuidados) e Outros (serviços sociais, cuidados continuados, outros privados). A avaliação dos custos do Setor Saúde e Outros Setores considerou a pessoa pagadora; para o Setor Doente/Família aplicou-se o método do bem-substituto. Calculou-se o custo mensal para os utilizadores e o valor para 100 díades.
Resultados: O custo total dos cuidados informais foi de €61 982,2/mês por 100 díades. O valor do Setor Doente/Família (€44 030,0/mês) contribui com 71,0% do custo total; os Outros Setores com 20,8% (€12 887,4/mês), seguido do Setor da Saúde com 8,2% (€5064,8/mês).
Discussão: O valor obtido para cada díade (€619,8/mês) representa 77,5% do seu rendimento mensal (mediana = €800,0; amplitude interquartil = 679,0), o que pode condicionar a continuidade dos cuidados em casa. Em face aos montantes apresentados para esta amostra, estima-se a presença de isenção de taxas moderadoras no Setor Saúde e/ou benefícios na comparticipação das respostas sociais e, como tal, uma estimativa em baixa dos gastos apresentados.
Conclusão: Apesar da complexidade na estimação dos custos associados aos cuidados informais na demência, este artigo ilustra o peso significativo que estes podem alcançar para as famílias.
Palavras-chave: Cuidadores; Custos de Cuidados de Saúde; Custos de Doença Demência

Leia o artigo completo aqui (apenas em Português).